Sunday, August 05, 2007


Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu possa.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.

Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.

Simplesmente, calmamente, ser-te paz
É bonito ser amigo, mas confesso: é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias…

Fernando Pessoa

6 Comments:

Blogger Musician said...

Especialmente para ti meu amigo Bruno! :)
Um beijo saudoso*

4:40 AM  
Blogger Mustafa Şenalp said...

çok güzel bir site.

2:10 PM  
Blogger ZezinhoMota said...

Uma bonita escolha, para simbolizar uma Amizade muito especial.

O Mundo deveria ser assim, como num lindo jardim, não no Éden, mas no da Natureza!

Bom fim de semana.

Bjnhs com uma melodia.

ZezinhoMota

4:09 AM  
Blogger O Profeta said...

Sem asas o pássaro fica preso
À terra prenhe e fria, a nostalgia
Sonhas com anjos negros no azul
Voando ao fim do dia


Profético beijo

3:17 PM  
Blogger ©õllyß®y said...

Amizade que é Eterna quando verdadeira...gostei muito deste belo espaço...

Doce beijo

11:12 AM  
Blogger Saramar said...

Que lindo!
Não conhecia esse poema do Pessoa.
Obrigada.

beijos, boa semana.

2:00 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home